domingo, 15 de março de 2009

Mess on my head...

Oi Gente! Desculpe a sumida mas normalmente só posto qdo estou inspirada para sair bons textos. Infelizemente esse não é um desses momentos.
Esta semana foi um desastre... só fui para academia ontem...
Neste exato momento estou ensaiando se vou patinar ou não... Estou assistindo o Biggest loser para ver se me inspiro a tirar a bunda da cama (isso mesmo.. cama) e fazer alguma coisa por mim...

Na verdade ainda não estou bem... descobri isso ontem qdo saí com um amigo de longa data... ele chegou para mim e meio que esfregou a verdade na minha cara. Eu estou fingindo tudo estar bem. Passei o dia fingindo estar bem. E não estou.

Outro amigo (tb de longa data) qdo ouviu meu desabafo, virou para mim "H., por que vc é gorda? Por que vc quer emagrecer? Se não for algo que vc não tenha 100% de certeza, vc vai desistir no meio do caminho... Se não for por VOCÊ, vai ser pior, você vai desistir no início..."



Ontem eu fugi de um casamento. Minha prima, que começou a namorar depois de mim e já está com 2 filhos, casou-se ontem. Eu estou arrasada com essa história... é ridículo, eu sei, mas me sinto como Bridgget Jones - A do livro, não a do filme - qdo descobriu a loira no apto do Daniel... Arrasada, entristecida... Com aquela frase ridícula que ela disse - "Daniel, dear ... you said she was thin!" - Bombando na minha cabeça. E olha que no momento eu estou com a mesma idade dela! Com a "certeza" que nunca vou ter chance de partilhar a vida a 2. E o pior... ficar enfrentando o resto da família como ser solteira fosse uma doença... Talvez eu só esteja com inveja... Ela tem um genio terrível, um corpo que consegue ser pior do que o meu, que piorou mais ainda com as 2 gravidez seguidas MAS ela conseguiu achar alguém! Por que eu ainda não?

Por que tudo tem que se resumir a aparência? Será que aquele papo de "beleza interior" consegue sobreviver ao bombardeio que a mídia vomita de todas as formas na nossa vida? Revistas, TV, até mesmo essa neura atingiu as pessoas ditas "normais", que apesar de não chegarem nem perto do padrão beleza imposto por essa corja, nos apontam "defeitos" que na nossa cabeça nem sabíamos que era defeito até serem "mencionados" como tais.

Talvez os meus amigos estejam certos e os defeitos que hoje me põe para baixo foram enfiados na minha cabeça por alguém quem nem deveria merecer a minha consideração... Ou talvez eles apenas estejam sendo MEUS amigos e estejam tentando me animar... Odeio ser Capricorniana!


Voltemos para o tema desse blog...

Estou lendo "Pense Magro". Pretendo por aqui os itens do meu cartão de enfrentamento além das medidas e peso para acompanhamento... Ainda não escolhi a segunda dieta, que o livro sugere. estou querendo começar com a SB(vulga South beach) pois eu lido bem com regras, dietas planejadas. Mas no decorrer eu preciso mais da flexibilidade que uma contagem de calorias dá...

Gostaria de ter um pouco mais da disciplina espartana que a pessoa que eu admiro tem e conseguir fazer um diário alimentar/exercício... Tenho um fichário, canetas coloridas, adesivos... carrego tudo para cima e para baixo, mas eles continuam intocados da mesma forma do dia que eu os comprei... só um pouco mais sujos mas continuam da mesma forma.

Alguém pode me dar uma idéia de como driblar isso?

Beijos e boa semana a todos...

Um comentário:

Sabrina Mix disse...

Oi, Maya!

Que tal deixar os cadernos em casa e estabelecer um horário para escrever neles? Preferencialmente depois de um bom banho relaxante e com calma.

Assim você pode pensar com mais calma o que está fazendo de certo e de errado e trabalhar melhor pelos seus objetivos.

Saiba: pensar o tempo todo em dieta também não faz bem.

Beijos e sucesso!!!