segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Um dia qualquer....

A luz inunda seu quarto entrando pela persiana levemente aberta...
Abre um dos olhos e percebe finalmente que a segunda feira chegou. Não... eu não quero me levantar! vc pensa enquanto enfia a cara no travesseiro...

Mas levanta, quase arrastada... põe a água pra ferver mas logo desiste... não dá tempo de tomar café. Corre pro banheiro, toma uma ducha rápida, escova os dentes e agradece a Deus por ter lembrado de lavar a roupa no sábado... Vc pega qualquer coisa amarrotada no varal, se veste e sai...
No caminho pro trabalho a ansiedade toma conta... vc queria ser a que nem a Belinha e ter a serenidade de aguentar as conseqüências de ter explodido e chamado o chefe substituto de BURRO³ e que apesar de estar tanto tempo na empresa ele não sabe a diferença entre um trabalho TÉCNICO e um de exija ANÁLISE (o qual você não é paga pra fazer e ELE SIM recebe 3x mais que vc pra fazer o tal trabalho.) Mesmo com o orçamento curto você se "revolta" e não vai enfrentar aquele dia sem uma "dose" da sua droga rotineira.
Passa na lanchonete e compra um salgado, um pacote de palitos de chocolate e um aquarius fresh - afinal de contas você tem que manter a forma; mesmo que ela seja redonda. Senta na sua mesa e o chefe que voltou de férias está conversando com o chefe substituto. Parte da conversa que vc CONSEGUE ouvir é que não teve nada demais durante a ausencia dele - apenas o seu "ataque" e "que ele ficou muito chateado..."
Vc Tenta manter a sanidade MAS a rotina te engole. O chefe tem pipocos mais urgentes à resolver que o seu "piti". Você sobrevive até a hora do almoço. até que vc sai um pouco... tenta espairecer... Mas que nada - vc vai atrás de mais uma "dose" e repete o cardápio matutino. Só que dessa vez vai Coca-cola e da comum mesmo! Que diferença faz? À tarde vc recorre a todos os métodos pra se controlar que vc conhece: Ioga, meditação, subir e descer escadas que nem uma louca, ler; mas nada te prende a atenção por muito tempo... O trabalho? e quem consegue se concentrar? Finalmente chega as 18 horas. Você vai embora desejando apenas se enfiar dentre as cobertas e esquecer o mundo que lhe rodeia até que o sábado chegue novamente... A única coisa que passa pela sua cabeça é preciso de FÉRIAS.



E Sim... eu ODEIO AGOSTO. Porque merd@s como a descrita acima só acontecem qdo a luminosidade, secura do centro oeste e o meu mau humor estão no ápice.  Pior que eu tenho que fingir que está tudo normal, que está tudo bem! Agora que expliquei porque eu odeio esse mês, só quero que ele passe logo! Ou que venha logo a chuva anunciando que o ano está no fim. OU pelo menos que esse mês está no fim!

Beijocas!



UPDATE: MERD@-MOR => Acabei de ouvir que o "Chefe substituto" incompetente vai ser lider de projeto dos dois sistemas que eu trabalho... Alguém, por favor, ME SALVE!

Update 2: Ok... como eu não tenho sangue de barata e eu sou boa demais (o meu curriculum, tá gente?) pra ficar nesse chove não molha (porque ninguém veio falar comigo sobre o incidente da semana passada) decidi agir e cavei em 2 tempos a minha transferência para uma outra equipe. Qdo eu fui falar com o meu chefe sobre essa transferência, ele ME DEU RAZÃO sobre o incidente!! HUAHAUHUAHUA!!! Infelizmente eu aguentava essa situação porque ele é um ótimo chefe e eu não queria sair da alçada dele. MANS, ENFIM! Que mudanças as venham pra melhor!


Postar um comentário